Editora LetraSelvagem

Editora e Livraria Letra Selvagem

Literaura Brasileira

Os melhores escritores do Brasil

Ricardo Guilherme Dicke

Romance, Poesia, Ficção

Deus de Caim

Olga Savary

Nicodemos Sena

Edivaldo de Jesus Teixeira

Marcelo Ariel

Tratado dos Anjos Afogados

LetraSelvagem Letra Selvagem

Santana Pereira

Sant´Ana Pereira

Romance

Nicodemos Sena

Invenção de Onira

A Mulher, o Homem e o Cão

A Noite é dos Pássaros

Anima Animalista - Voz de Bichos Brasileiros

A Espera do Nunca mIas (uma saga amazônica)

O Homem Deserto Sob o Sol

Romancista

Literatura Amazonense

Literatura de Qualidade

Associação Cultural Letra Selvagem

youtube
Destaque Cadastre-se e receba por e-mail (Newsletter) as novidades, lançamentos e eventos da LetraSelvagem.

Na Imprensa

17/08/2013

Primeira obra de Dicke chega a 3ª edição

Livro do chapadense Ricardo Guilherme Dicke é lançada na Casa das Rosas, em São Paulo. Matéria publicada originalmente no jornal "Diário de Cuibá" (2010)
17/08/2013

Pela Margem

Neste texto, publicado originalmente no jornal de literatura "Rascunho" (PR, edição de maio de 2010), o escritor Luiz Ruffato inaugura a seção PELA MARGEM mostrando quem são e como sobrevivem as micro e pequenas editoras brasileiras, começando pela Editora Mulheres e a LETRASELVAGEM. Confira.
29/05/2010

Deus de Caim

Indicação de leitura publicada no Guia da Folha ("Folha de São Paulo", 28/05/2010)
01/05/2008

Editora lança coleção em Mogi das Cruzes

LetraSelvagem apresenta "Sentimento do Mundo" (Matéria publicada no jornal O DIÁRIO, 17/4/2008)
28/04/2008

Nova geração das letras

Um perfil da nova safra de escritores da região conhecida como "baixada santista", entre estes Marcelo Ariel e Flávio Viegas Amoreira ("Jornal da Orla", Santos, 27 de abril de 2008)
16/04/2008

A cinza dos afogados

Poesia metafísica a partir da realidade da periferia ("Folha de São Paulo", caderno Ilustrada, seção Livros, coluna Rodapé Literário, 5/4/2008)
31/03/2008

'Selvagens' invadem a Paulista


Notícia publicada no jornal "Linguagem Viva", março/2008, pág.6, São Paulo

Autores Selvagens

Autor

» António Cabrita

António Cabrita ainda é uma novidade para o público brasileiro, mas não para a crítica do Brasil, que acompanha os passos desse importante e irrequieto escritor português. Adelto Gonçalves, doutor em Literatura Portuguesa pela USP-Universidade de São Paulo, afirmou: “Este português de Almada (1959) foi para Maputo (Moçambique) há poucos anos, numa época em que raros lusos se dispõem a ir para a África e os que de lá retornaram choram até hoje o ‘império colonial derramado’. Não se arrependeu, pois encontrou material, o chamado ‘tecido da vida’, para escrever novas e surpreendentes histórias como estas que o leitor brasileiro tem a oportunidade de conhecer”. E Maurício Melo Júnior, que é escritor, crítico e apresentador do programa Leituras da TV Senado, escreveu a respeito do romance "A Maldição de Ondina", que marca a estreia de António Cabrita no Brasil: “António Cabrita traz a capacidade de domar o espírito aventureiro e conservador de Portugal. E isso é o cerne de nossa alma universal”.

Colunas e textos Selvagens

© 2008 - 2021 - Editora e Livraria Letra Selvagem - Todos os Direitos Reservados.